Como Fazer uma Landing Page e Por Que Ela Converte Mais?

Qualificação de Leads
Qualificação de Leads – Como fazer e sua importância
21 de novembro de 2019
Mostrar todos

Artigo explicando a importância de uma landing page, como fazer uma e o porquê dela converter mais.

Tempo Leitura: 4 Minutos

A captação de leads se tornou essencial para quem trabalha marketing digital no seu negócio. Não bastam curtidas, seguidores e acessos, se você não consegue vender nada. É preciso que o tráfego gere conversões, tais como: pedidos de orçamentos, compras online, cadastros, perguntas com dúvidas, etc. Para isso, ter uma landing page (página de pouso ou aterrissagem) é fundamental para que a atração do lead seja convertida.

A Landing Page é usada principalmente como destino de clicks em anúncios do Google, Face e Insta Ads, pois quando o usuário se interessa pelo anúncio, ele clica para mais informações e aterriza justamente nessa página, com objetivo de converter o acesso do usuário em lead.

Como fazer uma landing page?

Os itens básicos para fazer uma landing page são: Logomarca, descrição objetiva do produto ou serviço com fotos e/ou vídeos, avaliações de clientes, vantagens e um formulário de contato com um botão chamativo de envio (call-to-action ou CTA).

A abertura da landing page deve ser muito rápida, não pode ter de jeito nenhum imagens pesadas ou servidores que caem ou deixam o acesso lento. O Google recomenda que a página deve demorar entre 2 a 3 segundos para carregar, pois mais do que isso as taxas de abandono da página aumentam a cada segundo que passa.

Existem ferramentas online que facilitam a criação da Landing Page, como a do RD Station, que atualmente possui um plano de R$ 59 mensais e nele já é possível ter uma. Veja esse exemplo de Landing Page:

Exemplo de Landing Page

Veja que ela contém a logomarca, uma frase impactante, uma avaliação e um formulário de contato com um call-to-action visível (Criar minha conta). Só é solicitado o e-mail do lead para prosseguir, o que ajuda mais ainda na conversão.

É recomendável que a landing page seja configurada em um subdomínio do seu domínio (endereço do seu site), como oferta.seudominio.com.br (subdomínio do domínio seudominio.com.br). Apesar de um pouco complexo para alguém que não é da área executar, existem tutoriais que auxiliam como configurar subdomínio de Landing Page . Antes disso, claro, você precisa registrar e hospedar o seu domínio, temos um artigo falando sobre isso em como fazer meu site.

Um alerta importante, é que que uma landing page não substitui um site. Ela é apenas uma página de conversão, pois já existem estudos que provam que as taxas de conversões de uma boa landing page são bem superiores a de um site.

Um site vai além do que uma simples página de conversão, ele é o seu cartão de visitas, que apresenta tudo sobre o seu negócio. É ela que o google vai indexar na busca orgânica e precisa de bastante conteúdo para você torna-se relevante nas buscas. Nesse nosso artigo, falamos um pouco de SEO (Otimização no google) e como melhorar seus resultados na buscas orgânicas.

Por que a landing page converte mais?

A principal causa da landing page converter mais é dar pouca opção ao visitante, pois se ele chegou até ela, é porque se interessou pelo anúncio. Contudo, esse acesso não pode dificultar a sua vida, colocando diversas informações diferentes do anúncio e fazendo com que o visitante procure em que local está o formulário ou dados de contato.

Se o anúncio trata sobre um curso, por exemplo, ao clicar no link, o usuário deve cair em uma página que só fale desse curso, com os elementos básicos explicados acima e que o leve a preencher o formulário para se inscrever ou obter mais informações.

A ciência explica que o cérebro humano tem dificuldade quando tem mais de 2 opções para ele escolher e, muitas vezes, acaba por não decidir nada. Se ele cai em uma página que apenas tem o que ele procurou e se interessou, e tá lá na frente dele apenas 2 opções, que é preencher o formulário ou fechar a janela, fica bem mais fácil ele optar por preencher, do que simplesmente aparecer outras informações, para ele procurar outras opções, navegar no site, para procurar o formulário e só aí resolver se irá preencher ou não, diante de outras tantas opções que teve no caminho, como outros cursos oferecidos.

Em resumo, uma landing page poupa tempo e esforço de decisão, aumentando as taxas de conversões.

Qual uma boa taxa de conversão de uma landing page?

Esqueçam taxas de 100% em uma landing page, isso não existe. Contudo, se o anúncio está bem segmentado e a comunicação fiel ao destino, é possível obter excelentes taxas de conversões, que beiram os 70%. Isso depende muito do que é oferecido, se é um cupom de desconto, uma venda, um e-book, etc. Abaixo podemos ver um relatório de uma landing page que fazemos a gestão para um cliente de nossa agência.

Relatório de uma taxa de conversão de uma landing page com 64,59%

Não desamine se sua taxa de conversão esteja na faixa de 30 a 40%, pois depende muito do que ela vai trazer ao lead. O importante é converter! Depois dessa conversão, se não já foi uma venda online, segue a próxima batalha, que é justamente a conversão em vendas, pois também de nada adianta um bocado de lead se eles não compram nada de você. Contudo, isso já um papo para um próximo artigo sobre processo de vendas.

Fico por aqui e espero ter ajudado.

Danilo Araújo – 84 99985-4224 (WhatsApp)

CEO PHD Virtual – Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!