Aprenda Como Utilizar Anúncios no Google

Aprenda a definir sua PERSONA e venda mais
27 de julho de 2019
Cuidados com Atendimento via WhatsApp
5 de agosto de 2019
Mostrar todos
Tempo Leitura: 4 Minutos

O Google é sem sombra de dúvidas a ferramenta que pode gerar mais tráfego para a grande maioria dos negócios. 

Contudo, ele é muito mal explorado pela maioria das empresas, parte por não fazer um site ou um Google Meu Negócio bem feito (busca orgânica, gratuita) e parte pela não utilização dos anúncios pagos no Google, chamado de Google Ads.

Este último, tem um enorme potencial, principalmente quando pretende-se resultados mais de curto prazo.

Pessoal, o Google Ads funciona da seguinte maneira: o anunciante cria a conta em Google.com/ads , adiciona um cartão de crédito válido para pagamento pós ou gera um boleto para pagamento pré.

Após isso, criam-se campanhas para o seu site com palavras-chaves do seu negócio e, para cada clique que você recebe, é cobrado um valor por isso, geralmente bem baixo, de centavos a R$ 5 no máximo, em média.

O bom disso tudo, é que você só paga quando alguém clica e entra no seu site, imagine qualquer mídia que você pagasse somente pra quem de fato entrasse na sua loja? Tipo: anuncie na rádio e só pague se alguém te procurar. Seria fantástico, não? 

Infelizmente, as mídias tradicionais não trabalham assim, parte porque não tem como medir isso de forma eficaz e parte porque essas campanhas não são segmentadas e raramente trazem um bom retorno de custo x benefício.

Porém, o Google Ads consegue medir isso, pois consegue saber quem de fato clicou e acessou o site, além de “se garantir” que isso vá ocorrer, já que existem pessoas pesquisando por tudo que tenha alguém ofertando algo (ou quase tudo).

Então, seu anúncio só vai aparecer para o público e palavras-chaves que você configurou na ferramenta, que conta com um planejador de palavras-chaves, que o ajuda a montar a campanha, além do suporte via telefone e e-mail que eles possuem.

Existem alguns detalhes que vocês precisam ficar bem atentos para configurar sua campanha para que ela tenha resultado. Vamos lá:

Primeiro, configure bem o público-alvo, colocando as cidades que devem aparecer a pesquisa, esse é o maior erro que vejo quem se aventura em anunciar lá sem assessoria e sem um estudo prévio da ferramenta. Se você só presta serviço em Natal RN, não faz sentido deixar que alguém que esteja em São Paulo ache seu site, não é mesmo? Além da cidade, seja mais específico, quem de fato te compra? Você já definiu a sua PERSONA? Nesse artigo eu ensino como fazer isso! Com essa persona, você filtra mais ainda as pessoas que te encontrarão, tendo bem mais chances dos cliques se converterem em vendas, que é o que realmente importa no final das contas.

Outro detalhe importante, é acompanhar o anúncio e fazer testes de taxas de conversão. Quantas pessoas acessaram o link e quantas entraram em contato? Uma taxa baixa de conversão é sinal que a página que os usuários acessam ao clicar no anúncio não está boa. Por falar nessa página, como ela deve ser? O mais indicado é que ela seja uma Landing Page.

O que é uma Landing Page e como fazer uma?

Landing Page é uma página de aterrissagem, feita especificamente para uma campanha específica. As taxas de conversões de uma Landing Page são bem mais altas do que jogar o usuário para a home do seu site cheio de links, imagens e textos, deixando-o perdido, e se a home estiver mal feita então, é jogar dinheiro fora, pois o clique raramente vai ser convertido em um lead ou venda. Veja o que é lead lendo esse nosso artigo.

Essa Landing Page, geralmente é feita com um formulário de contato com os campos que você precisa para qualificar o lead como potencialmente bom ou não. Além de te fornecer os dados necessários para contato, ela tem que passar informações práticas, objetivas e que o usuário ao ler pense, “é isso mesmo que eu quero e estava procurando”. Logo, os anúncios devem ser os mais específicos possíveis, para levar a uma Landing Page específica, casando o que o lead procurou, leu no anúncio, clicou e viu na Landing Page. Essa estratégia vai te dar a melhor taxa de conversão que você pode ter. Uma excelente ferramenta de construção de Landing Page + Ferramenta de Marketing e Vendas é a RD STATION.

Você também precisa monitorar a campanha diariamente, pois muitas vezes o anúncio é encontrado com termos que não é o seu foco. Por exemplo: você criou um anúncio de venda de serviço de instalação de aquecedor a gás, mas alguém te achou no anúncio digitando “curso de como aprender a instalar um aquecedor a gás”. Se você não vende curso, tem que colocar o termo curso como palavra negativa de forma ampla. Assim, quem digitar curso + alguma coisa, por mais que tenha sua palavra-chave, não vai encontrar seu anúncio e você não jogará dinheiro fora.

Portanto, o Google Ads é uma ferramenta muito poderosa, que deve ser bem configurada e monitorada para gerar bons retornos. Além disso, o site deve ajudar também, com rápido carregamento, com certificado de segurança SSL e uma Landing Page bem feita. Por fim, o retorno ao lead deve ser o mais rápido possível, pois isso conta muito. Após chegar o contato, o quanto antes você o retornar, mais o lead ficará impressionando com seu atendimento e ele vai pensar “se de graça o cara já me atende assim, rápido, imagine pagando”. Você irá dar preferência aos leads mais quentes, aqueles que pelo que preencheram no formulário indicarem mais a sua persona de cliente. Um bom fluxo de automação ajuda também nesse relacionamento inicial com seu lead, mas isso é assunto para outro artigo. 

Fico por aqui e espero ter ajudado.

Danilo Araújo

CEO PHD Virtual – Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
× Dúvidas ou Orçamentos?